Você.

“Não penso em você só quando acordo pela manhã com tua mensagem de bom dia. Ou quando no meio da aula o professor comenta algo que me faz ter vontade de comentar com você. Nem apenas quando vou dormir e começo a pensar no que de bom eu fiz durante todas as 24 horas do dia. Eu penso em você quando no meio daquela aula chata eu deixo meu pensamento longe e, quando menos espero, estou sorrindo. Porque lembro de você me pedindo para sorrir quando estou emburrada ou chateada com alguma besteira. Ou só pedindo para sorrir, sem motivo… sorrir para você, por você. Eu penso em você quando estou conversando com alguém e esse alguém, no meio da conversa, fala alguma coisa que você fala ou algo parecido. Me fazendo rir. E pensar, também, no quanto você está perto mesmo estando longe. No quanto você faz parte do meu dia-a-dia, mesmo em coisas tão pequenas e bobas como essas.Eu penso em você quando escuto músicas e começo a encaixar você – e eu – em todas as letras… Eu penso em você sempre. Em tudo. Por tudo. Com tudo. Em todo momento. Pode ser a coisa mais boba e sem graça que eu esteja fazendo, ou ainda vá fazer, mas você sempre me acompanha. E eu chego à conclusão de que: a melhor coisa que eu fiz durante as 24 horas do dia, foi pensar em você em todas elas.”

Advertisements

Gostou deste post? Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s