Sobre tudo e um pouco de nada

Sobre tudo e um pouco de nada

Há algum tempo eu venho pensando em tantas coisas que talvez esteja me sobrecarregando. São tantos pensamentos pairando sobre a minha cabeça, são tantas escolhas, tanta coisa para fazer e para cuidar, que eu sei que uma hora eu vou explodir.

Porém, há certas coisas que me incomodam… Não que sejam um incomodo, é só que eu não sei mais o que pensar. Estou tentando encontrar saídas para que de tudo certo, mas parece quase ímpossivel. Eu não acredito no ímpossivel. Sei do que eu sou capaz e do que eu quero. Talvez, eu ainda não tenha cruzado com essa tal de saída.

Uma vez deparei com uma frase que me fez refletir tanto: “Eu já desisti de você, mas foi só por alguns segundos.” Não fora somente essa frase, existem outras. Mas, olhe só onde eu parei… Observe o rumo desta conversa. E mais uma vez você está nela. E sinceramente odeio ter certos pensamentos sobre você. Odeio a ideia de não saber como posso me despedir de você.

Mas, há tanto para pensar. Será mesmo que isso, essa coisa entre nós, irá dar certo? Será que você é capaz de se comprometer? Talvez seja. Eu só acho que no momento você não está pronto. Afinal, somos jovens e o mundo lá fora nos espera. Sei que queremos aproveitar o máximo. E por que não podemos fazer isso juntos? Eu gostaria de ver você lutar para estar comigo – não que eu queira ver uma briga de socos e sangue, longe disso -, é só que eu quero ficar junto de ti.

Eu ainda tenho fé de que você irá fazer de tudo para ficar comigo. Não importa se está chovendo ou se os seus amigos vão em uma balada. Eu quero ouvir de você que sentiu falta de mim e o que mais queria era um abraço meu ou só me ver de longe, mesmo que seja por um breve segundo. Juro que a cada ato seu nos últimos dias me fizeram pensar se realmente você quer ficar comigo.

E, eu ainda estou a procura do homem que eu conheci. Tenho a leve impressão de que ele está em algum lugar. Pois, eu guardo os meus problemas na gaveta e tranco ela só para poder estar com você. Eu ultrapasso meus limites, brigo com quem for necessário só para poder passar uma tarde com você.

Cansada. Estou cansada mentalmente de ficar entre uma batalha. Não sou muito de seguir conselhos e acreditar em tudo que as pessoas dizem, mas está começando a fazer sentido. As peças aos poucos vão se encaixando. E quando tu tinha tudo para ter o meu coração, dois passos para trás eu dou de você.

São os detalhes do meu cotidiano que fazem eu ter a percepção sobre certas coisas. E sim, eu tenho a estranha mania de enxergar muito além através das pessoas. O que não é bom, pois eu vejo cada coisa que me faz repensar sobre tudo e um pouco de nada ao mesmo tempo. E tempo, é uma coisa que eu não estou tendo no momento. Minha paciência está no limite, eu estou perdendo a calma. Fico desesperada com os afazeres do curso, triste por certas brigas e uma série de fatores.

Então faça a sua escolha e aceite as consequências. A vida é muito curta para eu perder tempo com quem não quer estar comigo. Não quero ter que me arrepender sobre ter pensado tanto nos últimos dias. Chega. Tudo que eu mais quero é encontrar a saída e poder ver a luz do dia, mesmo que seja nublado. Eu quero poder respirar e deitar a cabeça no travesseiro para ter uma boa noite de sono. Eu não quero pensar sobre tudo, o que eu quero é pensar sobre nada e poder aproveitar o presente. É isso.

Acompanhem o Camafeu da Lia nas redes sociais: FacebookInstagramTumblr e Twitter.

Gostou deste post? Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s