Eu desisti de procurar

Eu desisti de procurar

Era uma madrugada fria de julho. Já se passaram horas desde que eu deitei e o sono não aparecia – típico – , até que me peguei pensando na vida e principalmente em você.

Talvez não tenha percebido, mas eu sim, que toda vez em que te via meu coração batia de um modo diferente que o normal. Mas, no final de tudo você  só sabia me olhar de longe e sorrir – isso já não era mais suficiente para mim.

Eu percebi que estava desistindo de tudo, inclusive de você. Não é fraqueza ou medo, não. É só pelo fato de eu ter cansado. Cansei de esperar. Cansei do amor que eu não recebi. Cansei das perguntas sem respostas. Cansei de esperar você me adicionar naquela rede social e me dizer um oi. Eu fui a primeira a perguntar como você estava. A primeira a dar o sorriso e fui a última a estar ao seu lado.

Sabe, eu não queria desistir, mas sinto que estou perdendo meu tempo – há tantas coisas melhores para se fazer, há tanto o que descobrir. Então, neste momento, por mais que me doa, eu desisto. Desisto de procurar por tudo e por você.

Acompanhem o Camafeu da Lia nas redes sociais: FacebookInstagramTumblr e Twitter.

Eu escolhi não gostar de você

Eu escolhi não gostar de você

Já fazem dias em que eu ando pensativa e isso está me cansando. Cansada por tentar ver algo onde não existe e isso machuca. Mais de qualquer forma o seu olhar, o seu sorriso, a sua voz e até mesmo o seu cheiro não significam nada para mim, não mais. Chega de passar horas tentando te esquecer quando eu já te esqueci. Chega de ver o seu rosto onde não deveria estar. Eu não quero ser egoísta plantando e nutrindo um sentimento falso. Eu não quero isso.

Eu só estou cansada dessa coisa chamada amor. Eu sei que este não é momento para mim. Não quero olhar para você e me ver lutando contra a indecisão. Eu sei que sou indecisa. Não quero te machucar. Não quero ver outro cara e lembrar de você. Posso parecer uma pessoa totalmente fria e ignorante nesse momento, mais eu disse que eu estou lutando contra algo que não existe.

Chega de receber elogios, eu sei que isso é apenas uma tática para me conquistar. Eu não quero nutrir um sentimento falso. Eu não quero me enganar como nas outras vezes. Eu não quero enganar o meu coração.

Só me deixe por algum tempo. Eu juro que eu tentei. Tentei de todas as maneiras desviar algo que meu coração não me diz. Não quero machucar a mim e muito menos você. Eu estou parando de lutar nesse momento. Eu… eu só estou fugindo desse sentimento. Estou parecendo uma fraca agora, não é? Tudo bem… talvez algum dia eu me lembre que fui forte o bastante para desistir.

Eu só estou cansada desses pensamentos voltados para você. E toda vez em que eu penso que esqueci… lá está você. Vigiando cada passo meu. Esse não é momento. Não quero mais me pegar sorrindo quando você diz algo bonito para mim. Chega. Eu tenho os meus motivos, só não quero perde-los.

Então… em cada suspiro meu, cada pensamento, cada sentimento, na qual eu sei que não existe. Eu decidi – por mais que doa lutar contra isso. Eu… eu escolhi não gostar de você. Sinto muito.