Lugar nenhum

Lugar nenhum

Eu nunca me encaixei em nenhum lugar exato. Nunca fui de fazer parte de algum tipo de grupo ou panelinhas.

Eu sou de todos os lugares e ao mesmo tempo em não pertenço a nenhum deles. Eu conheço tanta gente, mas de fato, nem eu me conheço.

Existe horas que dá vontade de pegar o trem ou sair caminhando por aí como se minha vida dependesse disso.

Sou estranha, eu sei. Gosto de abraçar a solidão, tomar chá sozinha e ler algo em voz alta só para mim. Parece triste não?! Tudo bem, eu já me acostumei.

Já me doei por inteira, já ajudei tanta gente… E quando eu realmente mais precisava de um simples abraço elas vem e te traem. É como se tivessem dado um tapa em sua alma.

Mas, eu realmente deixei de me importar, com tudo. Já tive pensamentos horríveis de mim mesma. Não que eu tenha cogitado fazer algo estupido, claro que não.

É só que tudo isso está me cansando e eu continuo sorrindo, pegando alguns trens que a vida coloca na minha frente.

Eu só quero um pouco de paz interior. Quero algo simples, como uma poesia do Mario Quintana, talvez uma xícara de chá com pouco açúcar. Quero que os problemas parem de aparecer só por um segundo e nada mais.

E pelo menos uma única vez pegar o trem certo e encontrar um pouquinho de felicidade.

É, parece bom, para mim.

Me acompanhem em tempo real nas redes sociais: FacebookInstagramTumblr e Twitter.

Anúncios

Look Du Jour: Noite em São Paulo!

Aloha!!! Como você estão? Eu vou muito bem e espero que vocês também! O post de hoje é a raridade mais rara desse mundão, ahahah! Decidi deixar a vergonha de lado, sim eu sou tímida, para mostrar o look que usei em uma balada quando estive em São Paulo (quem me segue no instagram já deve ter visto algo sobre minha passagem pela terra da garôa e reparado no look que usei esse dia) e isso já faz um tempo… Não tirei fotos dos detalhes, mas acho que já dá para ter uma noção básica. Confiram o primeiro look du jour usado por mim mesma aqui no blog (~estou com as bochechas vermelhas~):

Look Du Jour: Noite em São Paulo!Blusa cropped: Lojinha da minha cidade / Calça: Chica Fulô / Bota: Petite Jolie / Colar (da amiga, hahah): Forever21

Eu gostei bastante da minha composição e espero que vocês também! É isso galeuuuúra linda do meu Brasil! Não deixem de comentar e vou contar um segredo: meu look du jour preferido é o pijamão, ahaha!

Me acompanhem em tempo real nas redes sociais: FacebookInstagramTumblr e Twitter.

Bisous, Lia

Me ache por aí!

Me ache por aí!

Aloha! Como vocês estão? Parece que eu estou conseguindo postar pelo menos uma vez por semana, hein? É um progresso para quem estava sumidona, ahahah! Mas, não vim falar da minha abdução alienigena adulta e sim das minhas redes sociais!

E aí vocês devem pensar, nossa que post mais criativo e chato… Eu sei, eu sei! Porém, como quase não ando aparecendo por aqui vim ressaltar minhas redes sociais, o que é bom, por que vivo praticamente nelas! Então, bora me achar por aí:

TWITTER: Sou a louca tia velha do twitter, vivo por lá, é a minha rede social f-a-v-o-r-i-t-a. Falo de tudo, só não falo o que eu realmente estou fazendo no momento, por exemplo: “estou indo no banheiro…”, “meu celular caiu no chão…”, “nossa uma pomba na minha frente…”, acho meio chato isso. No geral falo que livro estou lendo, dou minha opinião, compartilho alguma música legal, reclamo pra caramba, falo sobre a política do Brasil, discuto comigo mesma sobre o clima, e por aí vai… Fico me perguntando quem são os loucos que me seguem e me aguentam o dia todo! Mentira, dou propina para eles, ahahah, só que não! E ah, sempre compartilho quando estou preparando algo para vocês, hihih. E para quem quer saber na hora quando o post saí, é só seguir o twitter do blog @CamafeudaLia.

INSTAGRAM: Queridinho de todos… Acho super legal essa rede social e acabo compartilhando algum momento marcante para mim, não sou daquelas que posta foto das refeições do dia, só se for algo realmente que eu não coma há muuuuito tempo e nem isso praticamente. Vocês vão ver várias fotos dos meus cachorros amados por lá!

TUMBLR: Para quem quer ver um lado meu totalmente incomum do que estão costumados a ver, vai me encontrar no viciante tumblr. Sou meia gótica barra emo barra sentimental! Gosto de compartilhar algumas inspirações por lá… Porém, vão ver coisas sobre meus artistas preferidos, filmes, séries e outros.

WE HEART IR: Segue a mesma linha de pensamento do tumblr. Apesar que vivo mais nessa rede de inspirações do que no próprio tumblr ultimamente! Lá vocês encontram zilhões de inspirações que deixam um sorriso em qualquer rosto, inclusive no meu! Quando quero sair do tédio, entro nele e pronto! É fácil, prático e eu amo o we heart it!

PINTEREST: Se o pinterest fosse uma pessoa eu me casava, ahahah! Adoro essa plataforma principalmente quando preciso de inspiração para o blog aqui… Andei sumida por lá, mas sempre que dá dou vários pin its e sou bem organizada! Separo cada tema por um painel, seja ele fotografias ou quando quero alguma inspiração de tatuagens! Então se vocês ficaram curiosos para saber quais eu faria lá vocês podem descobrir!

FACEBOOK: Estou divulgando a página do blog por que sim (que anda beeem morta), apesar de eu amar o facebook, geralmente gosto para me comunicar com as pessoas, e a fan page é ótima para isso! Sempre que alguém me manda alguma mensagem eu não me demoro muito! Fico mega feliz quando vocês fazem isso! Vivo postando várias inspirações e algumas “musiquinhas du jour”, além de coisas engraçadas para descontrair e divulgar quando saí algum post do blog!

E-MAIL (contato_camafeudalia@hotmail.com): Quem manda email, e-mail… tanto faz, hoje em dia? Geralmente uso para coisas mais pessoais, mas como vocês devem saber o blog têm sim um e-mail próprio para contato, então vocês podem me mandar perguntas, desabafar, conversar, fazer algum pedido especifico de post e o que quiserem! Vou adorar responder vocês, vale até me pedir dicas de filmes ou livros, que apesar de eu não fazer tantos posts literários por aqui, eu amo ler e sempre tô com coisa nova! Então, se estiver precisando desabafar sobre os boys, as amigas, as girls, não fiquem acanhados e me mandem! Juro que vou responder beeem rápido!

Me ache por aí!

É isso gurizada! Quando eu sumir podem ir cobrar post em qualquer uma delas, principalmente o twitter (♥). Espero vocês por lá e que tenham gostado do post mais chato do mundo, ahaha!

E não, eu não estou obrigando ou implorando para vocês me seguirem, ou aquela coisa super chata: “me segue? te sigo de volto!”. Se vocês fazem isso, parem, ahahah! Enfim, não deixem de comentar qual é a rede social que vocês mais amam usar, viu?!

Obrigada por tudo pessoal

Sobre tudo e um pouco de nada

Sobre tudo e um pouco de nada

Há algum tempo eu venho pensando em tantas coisas que talvez esteja me sobrecarregando. São tantos pensamentos pairando sobre a minha cabeça, são tantas escolhas, tanta coisa para fazer e para cuidar, que eu sei que uma hora eu vou explodir.

Porém, há certas coisas que me incomodam… Não que sejam um incomodo, é só que eu não sei mais o que pensar. Estou tentando encontrar saídas para que de tudo certo, mas parece quase ímpossivel. Eu não acredito no ímpossivel. Sei do que eu sou capaz e do que eu quero. Talvez, eu ainda não tenha cruzado com essa tal de saída.

Uma vez deparei com uma frase que me fez refletir tanto: “Eu já desisti de você, mas foi só por alguns segundos.” Não fora somente essa frase, existem outras. Mas, olhe só onde eu parei… Observe o rumo desta conversa. E mais uma vez você está nela. E sinceramente odeio ter certos pensamentos sobre você. Odeio a ideia de não saber como posso me despedir de você.

Mas, há tanto para pensar. Será mesmo que isso, essa coisa entre nós, irá dar certo? Será que você é capaz de se comprometer? Talvez seja. Eu só acho que no momento você não está pronto. Afinal, somos jovens e o mundo lá fora nos espera. Sei que queremos aproveitar o máximo. E por que não podemos fazer isso juntos? Eu gostaria de ver você lutar para estar comigo – não que eu queira ver uma briga de socos e sangue, longe disso -, é só que eu quero ficar junto de ti.

Eu ainda tenho fé de que você irá fazer de tudo para ficar comigo. Não importa se está chovendo ou se os seus amigos vão em uma balada. Eu quero ouvir de você que sentiu falta de mim e o que mais queria era um abraço meu ou só me ver de longe, mesmo que seja por um breve segundo. Juro que a cada ato seu nos últimos dias me fizeram pensar se realmente você quer ficar comigo.

E, eu ainda estou a procura do homem que eu conheci. Tenho a leve impressão de que ele está em algum lugar. Pois, eu guardo os meus problemas na gaveta e tranco ela só para poder estar com você. Eu ultrapasso meus limites, brigo com quem for necessário só para poder passar uma tarde com você.

Cansada. Estou cansada mentalmente de ficar entre uma batalha. Não sou muito de seguir conselhos e acreditar em tudo que as pessoas dizem, mas está começando a fazer sentido. As peças aos poucos vão se encaixando. E quando tu tinha tudo para ter o meu coração, dois passos para trás eu dou de você.

São os detalhes do meu cotidiano que fazem eu ter a percepção sobre certas coisas. E sim, eu tenho a estranha mania de enxergar muito além através das pessoas. O que não é bom, pois eu vejo cada coisa que me faz repensar sobre tudo e um pouco de nada ao mesmo tempo. E tempo, é uma coisa que eu não estou tendo no momento. Minha paciência está no limite, eu estou perdendo a calma. Fico desesperada com os afazeres do curso, triste por certas brigas e uma série de fatores.

Então faça a sua escolha e aceite as consequências. A vida é muito curta para eu perder tempo com quem não quer estar comigo. Não quero ter que me arrepender sobre ter pensado tanto nos últimos dias. Chega. Tudo que eu mais quero é encontrar a saída e poder ver a luz do dia, mesmo que seja nublado. Eu quero poder respirar e deitar a cabeça no travesseiro para ter uma boa noite de sono. Eu não quero pensar sobre tudo, o que eu quero é pensar sobre nada e poder aproveitar o presente. É isso.

Acompanhem o Camafeu da Lia nas redes sociais: FacebookInstagramTumblr e Twitter.

Tudo o que eu queria ser…

Tudo o que eu queria ser...

Os pensamentos invadem minha cabeça me deixando confusa… a vida é tão incerta, não… não exatamente a vida, mais sim o futuro. Eu sempre escrevo sobre isso e sei que ele é tão incerto quanto as minhas indecisões. Há dias em que eu simplesmente não estou nem aí para nada, mais existem outros que eu ligo para tudo. Reparo em cada detalhe, veja as pessoas se movimentando e vivendo a vida de um jeito normal, fácil…

Porém, não é exatamente sobre isso o que eu quero falar. Na realidade eu não sei o que eu quero falar. A cada minuto que se passa um turbilhão de ideias passam pela minha mente a ponto de querer explodir com tanta coisa, tantos sonhos rodeando ela. Tem dias em que eu acordo com vontade de cozinhar, outros com vontade de ver o sol e sentir o seu calor. Mas, eu odeio o calor. Deve ser porque eu sou fria de algum modo, não a minha temperatura corporal, mais o meu modo de ser… Eu olho ao meu redor e vejo que eu estou em uma bolha de gelo e as pessoas que estão passando por mim são o calor, mais não é algo insuportável, dá para aguentar – eu sei disso.

Hoje eu acordei com desejo de querer fugir das minhas responsabilidades. Acordei com aquela vontade de fazer o que eu quero fazer. Isso parece confuso, não? Eu sou só uma garota com sonhos como qualquer outra pessoa no mundo. Mais são tempos difíceis para os sonhadores – vi isso em um filme em que um duende de jardim viajava mais do que eu e uma garota que queria fazer a diferença na vida das pessoas – talvez eu seja essa garota.

Eu sempre escrevo coisas confusas, sem nexos… mais no fundo existe algum ligamento entre as palavras. Eu já disse que acordei com uma vontade de ir atrás dos meus sonhos hoje? É. Quem disse que eu preciso ser uma engenheira? Quem foi que disse que eu não posso ser uma bailarina? A questão é: na realidade não existe essa questão. Talvez seja só alguma coisa do meu pensamento. Ou nem isso.

Eu odeio me limitar. Odeio ouvir das pessoas que se auto descrever já é se limitar. Mais e daí? Isso não é bom? Saber que você mesmo se conhece, saber das suas ambições, dos seus sonhos. Eu já disse que tive sonhos estranhos hoje? Mais eu não era a protagonista deles, não… Simplesmente acho que esses sonhos foram reflexos das histórias que eu crio antes de dormir – quem nunca? Eu gosto dessa coisa… sabe de escrever, de criar. Deve ter algo nisso, na qual é tudo o que eu queria ser… Já disse que hoje eu acordei com vontade de ir atrás dos meus sonhos?

Acompanhem o Camafeu da Lia nas redes sociais: Facebook, InstagramTumblr e Twitter.

2 Anos de Camafeu da Lia + Resultado do Sorteio ♥

2 Anos de Camafeu da Lia + Resultado do Sorteio ♥

E finalmente este dia chegou, nunca pensei que eu iria conseguir… com tantas dificuldades e obstáculos – um deles foi a falta de tempo -, é como um sonho realizado. Não. É um sonho realizado. É tão satisfatório quando você faz algo e ele dura bastante tempo. São dois anos de puro amor, ódio, alegria e tristeza. É inexplicável a sensação de mais uma missão cumprida. A alegria é tanta, mais tanta, que eu acho que ela irá transbordar para fora de mim, se isso já não aconteceu.

Dois anos de Camafeu da Lia. São dois anos em que esse blog ainda está no ar, com todos os seus defeitos, com todas as suas mudanças – para melhor, assim eu espero -. São mais de quinhentos posts, eu sei que podia ter sido mais – eu sei -, mais quem não é blogueiro há pelo menos um ano, não sabe o que é pra manter um blog em pé. Não sabe o que não é ter acessos em um dia. Não sabe o que é ultrapassar a sua meta de visitantes. Não sabe o que é pesquisar, pesquisar e pesquisar para montar um post decente e legal.

Eu nunca pensei alto com esse blog… simplesmente por que eu me dediquei ao máximo possível. Eu não fiz ele pensando em grana ou fama – mais não pensei que eu nunca criei um blog por dinheiro, eu já fiz e sei que muitos já fizerem ou ainda pensam assim. Eu cresci junto com ele. Mudei minha visão sobre muitas coisas. Eu chorei. Sorri. Já passei nervoso e um bocado de coisas. Não são simplesmente dois anos quaisquer. Eu luto todos os dias para manter isso. Eu realmente amo o Camafeu da Lia. E não importa se eu vou ou não ter acessos em dia, acima de tudo eu faço para mim – pode parecer egocêntrico -, mais isso aqui é como se fosse um diário que eu quis compartilhar com todo amor para todos que quiserem ver.

Não há palavras para descrever esses anos. Mais uma coisa é certa: eu agradeço todos aqueles que sempre estiveram comigo, desde o começo principalmente, que aguentaram um dia sem post, que aguentaram os dramas nos textos. Tenho certeza que sem vocês, meus leitores mais que queridos, isso aqui não chegaria nem em um ano. Então, mais uma vez eu agradeço do fundo do meu coração – de verdade – por tudo que vocês passaram comigo. E que venham mais dois anos, mais quatro, mais dez!!!

E, depois de tantas pesquisas – chatas, eu sei – eu resolvi presentar vocês com uma surpresa que há tanto tempo eu queria fazer, porém era super complicado, e finalmente eu consegui que era um sorteio. E hoje, para comemorar mais ainda saí o resultado dele! Então confiram a ganhadora (clique na imagem para ver o link do resultado):

Resultado!

Você terá três (3) dias para entrar em contato comigo, basta enviar um e-mail para contato_camafeudalia@hotmail.com com os seus dados para que eu posso enviar o livro. Caso contrário, eu irei sortear outra pessoa. Parabéns!!!

E aqueles que não ganharam. Não fiquem tristes que em breve vou planejar outro sorteio. É só acessar o blog e ficar ligado na página no facebook, ou até mesmo no twitter!

É isso pessoal! Obrigada mais uma vez por esses dois anos de pura luta, eu sei que vocês já quiseram me matar, hahah! E semana que veem a programação de posts volta ao normal, é. E ah, não reparem na minha cara de sei lá o que na foto de abertura desse post, hahahah!

Bisous, Lia ♥

A espera

Ninguém gosta de esperas, porém é inevitável. A vida nos fornece isso e tudo que temos que fazer é aceitar ou tentar – ao menos  acelerar para que ela ocorra rápido. Por que eu estou falando sobre isso? É tão cansativo você esperar em uma fila de um banco ou de mercado, é tão cansativo você ter que esperar mais de um mês para ver o resultado do vestibular… é tão cansativo ficar sozinho o tempo todo e mesmo você tentando mudar isso as pessoas não ajudam. Por exemplo: quando você acha que encontrou o cara certo para viver o momento presente da sua vida. Mais de repente não é… se um não quer dois não existem. É simples.  É só que… quando se vive sozinho a vida acaba sendo monótona – e eu odeio isso -, gosto de sair do meu campo de segurança. Gosto de me arriscar, conhecer gente nova, fazer algo que todos acham impossível mais não é. Mais a “espera” sempre vai estar lá, criando uma barreira insondável e claro… nunca irei desistir. Sempre vou procurar e lidar com essa coisa de esperar. E eu quero quero acreditar que no mundo lá fora exista alguém que esteja esperando por mim e que me faça feliz.

Acompanhem o Camafeu da Lia nas redes sociais: FacebookInstagramTumblr e Twitter.